Escolha uma Página

Coldres: Tipos e Formas

por | jun 29, 2022 | Segurança e Proteção | 0 Comentários

Atualmente, no mercado de airsoft existem diversos acessórios que são qualificados para trazer mais praticidade, comodidade e agilidade para os praticantes de tiro.

Tanto para um policial quanto para um praticante de tiro, a movimentação e agilidade durante as atividades devem ter uma atenção especial.

Por isso é importante investir em acessórios táticos de qualidade que não comprometam a mobilidade.

Um bom atirador deve levar em consideração os pequenos acessórios, por mais simples que eles possam parecer, qualquer detalhe faz uma enorme diferença.

Os coldres, ou suportes, são essenciais para quem usa armas.

Atualmente no mercado existem muitos modelos, dos mais variados tipos e qualidades, que podem ser usados sem que o operador precise se preocupar e que vão te oferecer a segurança necessária para quando for necessário transportar a arma.

A função do coldre é preservar a arma em segurança e deixá-la suspensa ao mesmo tempo que não estiver em uso, mas não somente isso.

É possível encontrar diversos modelos, que foram planejados para objetivos diferentes.

Primeiro, você deve ter ciência de qual é a sua missão e propósito, se cabe um coldre ostensivo e/ou de coxa. Precisa de uma segurança maior? Um coldre com trava de gatilho é o ideal.

Existem modelos de coldres feitos para cintura, coxa e perna. Vamos ver a diferença de cada tipo de coldre:

Coldres para porte na cintura

São os modelos mais conhecidos que existem pelo público no geral. Ficam presos no cinto do operador por meio de clipes ou passadores de cinto. É o local mais utilizado porque permite um saque mais rápido. Há modelos tanto para canhotos quanto para destros, e é um modelo compatível para todas as pistolas do modelo Glock, menos a Glock G25.

Coldres para porte na coxa

Foram feitos para operações que usam coletes espessos e atrapalham o saque da arma que esteja na cintura. Diminui o peso na linha da cintura e contribui para o acesso à arma pela mão não dominante.

Coldres para porte na perna

É comum para armas de backup e é mais usado para armas pequenas e o operador precisa usar calças mais largas para que a arma não seja detectada facilmente.

Além dos modelos, há vários materiais que podem ser fabricados coldres. Cada um tem a sua vantagem e desvantagem, mas todos possuem a mesma função.

Neoprene

É um material resistente e elástico. É a combinação de uma fatia de borracha expandida sob alta pressão e temperatura, revestida de tecido dos dois lados ou apenas um. É flexível, elástico e também tem uma proteção térmica.

Modelos:

·         Coldre velado Neoprene preto – Warfare

·         Coldre velado para revolver 5´´ destro em Neoprene – atack militar

Polímero

Apresenta alta resistência e garante mais segurança nas suas operações táticas.

Modelos:

·         Coldre velado TS9 em polímero preto destro – bélica

·         Coldre de cintura em polímero Hammer I preto canhoto – bélica

Couro

O couro é um dos materiais mais populares quando se fala em coldre. Ele possibilita que o usuário processe trabalhos artísticos tornando o coldre um acessório muito elegante e clássico. Só tem uma desvantagem, pois o material é pouco resistente à umidade e permite que o suor da pessoa que está usando passe para a arma, facilitando a oxidação.

Modelo:

·         Coldre de cintura para pistola PT 938 em couro destro – Rosset

Nylon

É um material que dificilmente se utiliza para o coldre de armas, pois não se adapta às armas, o que dificulta o coldreamento. Porém esse material é resistente a umidade, o que é uma vantagem.

Kydex

Trata-se de um tipo de plástico desenvolvido em 1965 por Rohm and Raas para o uso na parte interna de aeronaves.

É desenvolvido em folhas termomoldáveis, o que popularizou seu uso em coldres e bainhas.

Os coldres que são feitos com esse material facilitam no momento de sacar ou coldrear a arma porque ele é ajustado de forma perfeita ao armamento.

Ele é considerado um pouco desconfortável, se comparado ao couro, por ser um material mais duro.

Modelos:

·         Coldre Glock Kydex Safe OWB Destro Standard Compact – Invictus

·         Coldre Kydex para plataforma Taurus IWB Destro Série 100 – Invictus

Também é possível encontrar coldres feitos com matérias-primas mais excêntricas e extravagantes, como couro de jacaré ou crocodilo, de tubarão, boi e vaca e outros animais.

O valor é consolidado diretamente pela originalidade e capricho. Vale a pena ter um coldre mais diferente e não o mais usual, ideal para colecionadores por exemplo.

Como dissemos, para escolher um coldre há vários fatores que precisam ser levados em consideração, como conforto, agilidade, modelo, como você irá utilizá-lo, o lado que o coldre ficará na hora de sacar a arma e o material.

Ele pode ser utilizado em diferentes partes do corpo, e tudo isso vai depender da sua necessidade.

Há várias categorias de coldre de acordo com a sua finalidade de uso, que são:

·         Competição: esse tipo de coldre é projetado para trazer vantagens competitivas na modalidade a que ele se propõe a servir. As prioridades nessa modalidade, são velocidade de saque e possibilidades de ajuste, para que ele se molde à técnica e necessidade do atirador. Em geral mantém um espaço maior entre a arma e a linha da cintura, permitindo uma empunhadura boa antes do saque. Esse tipo de coldre é desenhado para pista de tiro e não para defesa pessoal. Nessa situação, travas e botões liberados irão atrapalhar.

·         Uso policial: é uma categoria bastante abrangente, com maior variedade de coldres que se encaixam na proposta. É preciso ser crítico na escolha, pois uma escolha errada pode ser fatal. A retenção é um atributo que não pode faltar a um coldre policial. Até policiais que trabalham em delegacias não estão livres da possibilidade de tumultos, e por isso seus coldres precisam ter algum tipo de dificultador de saque, para evitar que a arma seja roubada. Um simples botão liberador pode ser suficiente, mas para quem trabalha na rua, travas duplas ou triplas são necessárias.

·         Uso militar: para militares, a pistola é uma arma secundária e dificilmente será usada no campo de batalha. Normalmente ficam presos nos cintos e não atrapalham em nada os movimentos do soldado.

Veja em nosso site os modelos de coldres que temos e os lançamentos em Kydex – https://loja.pulseacao.com.br/coldres. Aproveite e se inscreva e receba novidades e promoções direto no seu e-mail. 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *